sac@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700 / international@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700

Fiz progressiva, posso pintar o cabelo depois de quanto tempo?

fiz-progressiva-posso-pintar-o-cabelo-depois-de-quanto-tempo.jpeg

Por:Soft Hair
Cabelo

19

out. 2017

Ter cabelos coloridos e alisados parece ser uma missão quase impossível. Isso porque alisamento e tintura são procedimentos que podem danificar os fios, e aí bate aquela dúvida: posso pintar o cabelo depois da progressiva?

Para ajudar você a conquistar o cabelo liso, hidratado e da cor que sempre quis, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre esses dois procedimentos neste post. Pode pintar o cabelo depois ou antes da progressiva? Quais cuidados tomar para manter a saúde dos fios? Acompanhe o checklist!

Veja que cuidados tomar antes de qualquer procedimento

Fortaleça os cabelos

Pintar, alisar, iluminar… não importa por qual técnica você quer começar, seu cabelo precisa estar forte e saudável para suportar qualquer uma delas — ou até todas, por que não? Sabemos que mudar o visual é sempre bom, mas, do que adianta fios lisos e tingidos, mas porosos, fracos e quebradiços?

Muita gente acha que a progressiva funciona como uma hidratação, já que o cabelo fica lisinho e brilhoso, contudo, isso é puro engano. O tratamento, na realidade, atua selando as cutículas dos fios, deixando-os “blindados” para os outros procedimentos — químicos ou não — e dificultando a hidratação posterior.

Sendo assim, antes de pensar em quem nasceu primeiro, a tintura ou a progressiva, trate de cuidar das madeixas e deixá-las fortes e hidratadas.

Aplique queratina nos fios

Durante os procedimentos químicos, seu cabelo vai perder aminoácidos e, nesse caso, só hidratar antes não vai resolver. Por isso, aplicar queratina antes e após o alisamento ou tintura é fundamental.

Existem, inclusive, kits pensados justamente para esses momentos, que agem como uma espécie de tratamento de choque para as madeixas danificadas.

Conheça a fundo a progressiva

Para você o que importa mesmo é os fios lisos e brilhosos? Pois saiba que nem sempre eles aparentam a forma como realmente estão.

Como já mencionamos, a escova progressiva é uma técnica que sela as cutículas do cabelo, ou seja, se ele estiver danificado ou seco, vai continuar assim. A aparência, no entanto, é de um cabelo bastante hidratado e saudável.

Além disso, como a técnica fecha os fios, vai ser muito difícil algum outro nutriente penetrar nas escamas, inclusive a tintura e a hidratação, viu?

Outro ponto importante a respeito da escova progressiva é a sua duração: é comum que o produto vá saindo do cabelo conforme as lavagens, mas, se você é adepta da prática há algum tempo, é provável que seus fios não voltem mais à forma natural por conta do excesso de química. E aí o cuidado deve ser redobrado.

Descubra as opções de tintas disponíveis no mercado

Com certeza você já se viu nas prateleiras de um supermercado, farmácia ou loja de produtos de beleza indecisa diante de tantas opções, certo? No entanto, fique tranquila! Separamos abaixo os tipos de tinta disponíveis no mercado para você acertar em cheio na escolha.

Permanente

Essa é a mais comum, mas também a mais danosa aos fios. Normalmente, contém amônia e oxidantes, que abrem a cutícula do cabelo para inserir a nova cor. É recomendada para quem quer mudar definitivamente o visual e exige retoques à medida que o cabelo for crescendo.

Temporária

Também conhecida como rinsagem, a tintura temporária é perfeita para quem quer disfarçar os primeiros fios brancos, dar uma dose de brilho e realçar a cor natural. Por agir externamente nos fios, tem duração curta, em torno de 5 ou 6 lavagens, mas é livre de amônia.

Tonalizante

Também livre de amônia e oxidantes, o tonalizante age de forma bem superficial nos fios e tem uma duração média de 20 lavagens;

Hena

Ela é natural e muda a cor dos fios sem alterar sua estrutura. É indicada para madeixas sem volume e oleosas, já que não engordura nem pesa o cabelo. A duração é em torno de 20 dias;

Tintura vegetal

Exclusividade dos salões, é um dos melhores produtos por não conter amônia ou oxidantes, sendo totalmente natural. É indicado para uma cobertura 100%, mas não altera drasticamente a cor, apenas realça e cobre fios brancos.

Decida a ordem dos procedimentos

Não existe uma regra aqui, mas é importante que você conheça o que cada procedimento causa nos seus fios para decidir qual é a melhor ordem. Entenda:

Quero pintar o cabelo depois da progressiva

Como a progressiva é um tipo de selagem, se você já fez o alisamento, a tinta provavelmente não vai aderir bem aos fios na primeira aplicação (lembra da blindagem, né?).

Entretanto, basta esperar um intervalo de 15 a 20 dias e tingir novamente para a fixação da cor. Antes disso, é bem possível que você não alcance o tom desejado, além de agredir ainda mais os fios já ressecados por conta do alisamento.

Quero pintar o cabelo antes da progressiva

Primeiramente, vale lembrar que o cabelo precisa estar bem tratado e nutrido para evitar o efeito elástico logo após a aplicação da tintura. O ideal é dar, pelo menos, um intervalo de 30 dias para fazer a progressiva. Fique atenta também à escolha da cor, uma vez que o alisamento tende a desbotar a coloração que foi feita anteriormente.

Quero pintar e alisar no mesmo dia

Embora seja tentador sentar numa cadeira e sair com as madeixas totalmente renovadas, evite realizar os dois procedimentos de uma única vez. Tadinho do seu cabelo! Ele pode até sair lindo do salão, mas em poucos dias vai mostrar os danos que sofreu.

Até dá para arriscar fazer os dois procedimentos no mesmo dia, mas lembre-se de checar a compatibilidade dos produtos. Fazer um teste de mecha é indispensável. Normalmente, os tonalizantes livres de amônia se dão melhor com as químicas de alisamento. Lembre-se também de que os cabelos alisados com Hidróxidos de Sódio não devem ser tingidos.

Se a meta é sair lisa e colorida do cabeleireiro, a dica é evitar o formol da progressiva, dando preferência aos produtos à base de cisteína — um aminoácido presente na queratina.

Confira o que fazer após os procedimentos químicos

Trate dos cabelos com produtos específicos

Você resolveu o melhor para o seu caso, já alisou, pintou e ficou ainda mais linda. Missão cumprida, certo? Nem pensar! Pode tratar de cuidar desses fios, viu? O ideal é usar uma linha de produtos específica para cabelos quimicamente tratados.

Mantenha a hidratação

Realize, também, uma blindagem de queratina para recuperar os fios e evitar que a cor desbote. Vale usar aquele kit SOS que recomendamos lá no início. Paralelamente, continue com a hidratação ao menos uma vez na semana. Quer uma dica de amiga? Faça um cronograma capilar. Seu cabelo ficará incrível!

O que você precisa ter em mente mesmo é que tanto a progressiva quanto a coloração são procedimentos que danificam e exigem muito dos fios, portanto, o cuidado com as madeixas deve ser redobrado. Além disso, é ideal consultar um profissional de confiança que poderá dizer qual é a ordem exata dos tratamentos e ensinar você a manter o cabelo incrível e do jeitinho que você sempre sonhou!

Agora que você já sabe tudo sobre pintar o cabelo depois da progressiva (ou antes!), que tal descobrir se aquelas misturinhas caseiras funcionam mesmo? Baixe o nosso e-book e saiba quais vantagens e produtos super acessíveis usar para recuperar seus fios.

Compartilhe: