sac@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700 / international@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700

Você sabe qual a função da queratina no cabelo? Entenda mais!

voce-sabe-qual-a-funcao-da-queratina-no-cabelo-entenda-mais.jpeg

Por:Soft Hair
Cabelo

22

jan. 2018

Você pode até não saber muito bem qual é a função da queratina no cabelo, mas, com certeza, já ouviu falar de seus feitos milagrosos. Parece mito de salão, mas ela pode mesmo recuperar até os fios mais danificados.

Então, está curiosa para entender o que a famosa proteína faz? Pois se prepare, que neste post explicamos melhor o que ela é, os seus benefícios e até como usá-la! Acompanhe!

Afinal, o que é a queratina?

A queratina é uma proteína que o próprio corpo humano produz. Além dos cabelos, ela é encontrada também na pele e nas unhas.

Responsável por 90% da composição dos fios, é ela que dá força, resistência e elasticidade à fibra. Além disso, quando o nosso cabelo sofre danos externos — como a ação da água quente ou do mar, cloro, exposição ao sol e vento — é a queratina que o impermeabiliza e protege.

Com alisamentos, coloração e ferramentas de calor, como secadores ou chapinhas, o cabelo vai perdendo essa proteína. E aí entra a ação da queratina como produto, vendida em diversas texturas, sendo elas:

  • líquida (a mais comum);

  • creme;

  • cápsulas;

  • pomada;

  • gel.

Como saber se é preciso repor queratina?

Cabelos que sofreram qualquer tipo de processo químico são bem propensos a precisar de, pelo menos, uma aplicação de queratina por mês.

Alisamento, coloração, escovas progressivas — basicamente, qualquer processo que envolva abrir e fechar a cutícula do cabelo causa perda da proteína. Até mesmo pentear os cabelos causa danos (obviamente, bem menores). Aliás, quanto mais finos forem os fios, maior é a perda.

Para saber com mais precisão, é possível fazer um teste bem simples: passe o indicador e o polegar por toda a extensão do fio, começando na raiz e descendo até a ponta. Observe a textura, se o cabelo está quebradiço ou com muito frizz. São esses os “sintomas” que uma cutícula — a camada externa do fio — danificada apresenta.

Como aplicar a queratina?

Agora que você sabe qual é a função da queratina no cabelo, pode estar se perguntando como ela é aplicada. E isso varia de caso a caso. Portanto, separamos os principais deles para explicar a seguir.

Cabelos com química

Se o seu cabelo passou por algum processo químico, é recomendável aplicar queratina uma vez por mês para fazer a sua manutenção.

Nesse caso, borrife queratina líquida por todo o cabelo. Se for muito concentrada, dilua com água. Deixe-a agir por 15 minutos e enxágue. Se perceber que o cabelo perdeu maleabilidade, use uma máscara de hidratação ou condicionador e aguarde uns 5 minutos antes de enxaguar.

Cabelos danificados

Além da química, seu cabelo está elástico ou emborrachado? Então, o mais indicado é investir em uma cauterização a cada 15 dias. Depois de quatro tratamentos, faça o teste novamente para checar se ele melhorou. A partir daí, é feita a manutenção, como explicada acima.

Para a cauterização, lave os cabelos com um shampoo de reconstrução capilar. Em seguida, use a técnica de enluvamento para aplicar a queratina líquida por todo o cabelo, homogeneamente. Essa técnica consiste em usar o produto da raiz às pontas, mecha a mecha, massageando-as bem antes de partir para a outra.

Penteie os fios até desembaraçarem, faça uma escova e pranche os fios. Para potencializar os resultados, não lave o cabelo nas próximas 48 horas. Fazer o procedimento em salão também apresentará melhores resultados, uma vez que o cabeleireiro terá mais prática e produtos de uso profissional.

Cabelos que precisam de reconstrução

A queratina pode ainda ser utilizada para dar um boost em máscaras de reconstrução. Nesse caso, é só diluir 10 ml de queratina na máscara, aplicá-la nos cabelos e deixar agir por 20 minutos antes de enxaguar.

Enfim, agora que já conhece a função da queratina no cabelo e sabe como utilizá-la, você alcançará o tão sonhado cabelo de capa de revista! E, se gostou dessas dicas, acompanhe a nossa página no Facebook para ficar de olho em mais conteúdos como este!

Compartilhe: