Cabelo 29/03/2018

Cabelo quebrado: aprenda agora como evitar!

O aspecto quebradiço dos cabelos incomoda muitas mulheres. A boa notícia é que tratar e prevenir o cabelo quebrado é mais do que possível. Portanto, prepare-se para dar adeus aos fios secos e frágeis.

Neste texto abordaremos as principais causas para os cabelos quebradiços e também como tratar os fios. Acompanhe!

Quais as principais causas do cabelo quebrado?

São vários fatores que podem contribuir para esse sintoma. A seguir, você conhece os principais deles.

Excesso de calor

Não é segredo para ninguém que o uso de ferramentas como secador e chapinha deixa os fios mais suscetíveis à quebra. Se possível, diminua o ritmo para uma ou duas vezes por semana. Também é essencial aplicar algum protetor térmico ou defrizante para prevenir a agressão aos fios.

Atrito com a toalha

E não é que até mesmo o fato de esfregar a toalha com muita força na hora de secar os cabelos pode quebrar os fios? O correto é fazer movimentos mais suaves para evitar o atrito entre o tecido e os cabelos.

Cabelos desembaraçados incorretamente

Muita gente tem o costume de esperar os cabelos secarem para só então desembaraçar. Isso, no entanto, provoca a quebra.

O aspecto quebradiço do cabelo incomoda muitas mulheres. No entanto, você sabia que é possível tratar e prevenir o cabelo quebrado e torná-lo mais bonito e saudável? Ao adotar alguns cuidados diários, os fios voltam a apresentar mais movimento e balanço em pouco tempo.

Por isso, preparamos este artigo, no qual vamos abordar as principais causas do cabelo quebrado e também como tratar os fios. Então, acompanhe a leitura e saiba mais!

Quais são as principais causas do cabelo quebrado?

São muitas as causas que podem contribuir para os fios ficarem quebradiços. O excesso de calor, o atrito com a toalha, entre outros fatores, podem danificar o cabelo e fazer com que ele fique partido. A seguir, você conhece os principais deles.

Excesso de calor

Não é segredo para ninguém que o uso de aparelhos como secador, chapinha e babyliss deixa o cabelo mais suscetível à quebra. Assim sendo, se for possível, diminua a utilização para uma ou duas vezes por semana. Também é essencial aplicar protetor térmico ou produtos que combatem o frizz para prevenir a agressão aos fios.

Atrito com a toalha

E não é que até mesmo o fato de esfregar a toalha com muita força na hora de secar os cabelos pode quebrar os fios? O correto é fazer movimentos mais suaves para evitar o atrito entre o tecido e o cabelo e usar papel toalha ou uma camiseta de algodão para tirar o excesso de água.

Cabelos desembaraçados de maneira incorreta

Muita gente tem o costume de esperar os cabelos secarem para então desembaraçá-los. Entretanto, esse ato pode agravar o problema. Ao aplicar o condicionador, penteie os fios delicadamente, começando pelas pontas e subindo em direção à raiz. Caso tenha o cabelo muito fino e, portanto, mais propenso a embaraçar, cremes para pentear sem enxágue também são válidos. Por isso, não hesite em ter um exemplar na prateleira do banheiro.

Como evitar esse mal e fortalecer os fios?

Agora que você conhece as principais causas para o cabelo quebrado, veja também como é possível evitar o problema e fortalecer os fios.

Faça tratamentos adequados

A recuperação dos fios quebradiços depende do estado em que o cabelo se encontra. Se os danos não foram causados por processos químicos, por exemplo, a hidratação constante pode resolver. Esse tratamento mantém o cabelo nutrido, o que evita a quebra.

Já em casos de danos muito agressivos, a solução é buscar um salão para tratamentos mais fortes, como a cauterização ou o botox capilar. A cauterização repõe vitaminas e proteínas perdidas, incluindo a queratina. Com isso, age de forma mais profunda quando comparada à hidratação.

Por sua vez, o botox capilar repõe a massa perdida, proporcionando a recuperação instantânea. Com o preenchimento, os fios apresentam a mesma espessura das pontas à raiz.

Invista em um cronograma capilar

cronograma capilar também é uma ótima solução para tratar o cabelo quebrado. O processo é dividido em três fases e tem como objetivo restaurar os fios, deixando-os mais soltos e com mais brilho.

A primeira etapa consiste em hidratar o cabelo, a fim de repor a umidade e a água perdidas nos processos químicos aos quais submetemos os fios. Já na segunda fase, o cabelo vai ser nutrido com vitaminas e outros ingredientes, para repor a massa capilar.

Na etapa final, você vai restaurar os fios com produtos que contenham aminoácidos e queratina. Dessa forma, eles recuperam a vitalidade e o aspecto natural, pois vão ficar envoltos por uma película protetora.

Evite fazer procedimentos químicos frequentemente

O excesso de química no cabelo é um dos fatores que contribuem muito para quebrar os fios. Isso ocorre devido ao fato de misturar mais de um tipo de produto para alterar o formato e a cor dos fios em um curto espaço de tempo.

Como esses produtos contêm ingredientes muito fortes, eles acabam agredindo os fios e deixando-os mais fracos e quebradiços. Portanto, se você está pensando em realizar algum procedimento químico no cabelo, o recomendado é conversar com seu cabeleireiro e pedir orientações.

Utilize o shampoo e o condicionar de modo correto

Engana-se quem pensa que o correto é esfregar o shampoo e o condicionador para que penetrem nos fios. Eles devem ser espalhados de cima para baixo, sem agressividade. Ao aplicar o shampoo, faça movimentos circulares pelo couro cabeludo, o que também contribui para ativar a circulação.

Use as escovas e os pentes certos para seu tipo de cabelo

Existem muitos tipos de escovas e pentes. Normalmente, os modelos com cerdas mistas ou naturais agridem menos os fios. No entanto, é aconselhável pedir a indicação de seu cabeleireiro, que saberá identificar o melhor tipo do item para você.

Por exemplo, para cabelos crespos, são indicadas escovas redondas e grandes de madeira, que não arrepiam as madeixas. As cerdas diagonais também são indicadas por agredir menos o cabelo na hora de escovar.

Não prenda o cabelo molhado

Apesar de parecer um gesto inofensivo, prender o cabelo ainda molhado enfraquece a raiz e pode causar problemas no couro cabeludo, além de deixar os fios mais propensos à queda e ao frizz.

Até a forma de soltar o elástico pode ser prejudicial. Portanto, nada de puxá-lo de uma só vez. O indicado é soltar uma ou duas voltas antes de desamarrar os cabelos por inteiro. Aqueles elásticos com revestimento de tecido também agridem menos.

Evite penteados muito apertados

De fato, o rabo de cavalo e o coque são penteados práticos e bonitos, que valorizam o rosto de toda mulher. Contudo, ao prender os fios com frequência, eles costumam se partir, e o resultado é o aspecto de cabelo quebrado.

Então, a dica é utilizar esses tipos de penteados uma vez ou outra para não comprometer a saúde das madeixas. Acessórios, tais como arcos e fivelas, tendem a agredir menos os fios e são ótimas opções para dar um up no visual. Aproveite o tempo livre que passa dentro de casa e deixe o cabelo solto.

Ao seguir essas dicas, você vai manter os fios mais saudáveis e sedosos. Afinal, o cabelo quebrado deixa a pessoa com aspecto um pouco desleixado. Por certo, não queremos nos apresentar assim, não é mesmo?

Se gostou do post sobre como tratar o cabelo quebrado, então compartilhe-o em suas redes sociais. Com certeza, suas amigas também vão curtir!