BioSoft 23/07/2020

Confira 5 cuidados com os pés para ter na rotina

Quem tem uma rotina de beleza precisa se preocupar com muitas práticas. Isso faz com que algumas áreas sejam esquecidas. Por exemplo, nem sempre os cuidados com os pés são prioridade. Pensamos tanto no cabelo, na pele, na maquiagem, na depilação que eles passam despercebidos. Afinal, o tempo é curto e, geralmente, eles sempre estão cobertos por meias ou sapatos, certo? 

Sim, mas apesar disso, é fundamental fazer um esforço para não esquecê-los. Lembrar de hidratá-los, esfoliá-los e cuidar das unhas são só alguns passos que você deve seguir. Aliás, é preciso prestar atenção neles, pois muitos problemas podem surgir, inclusive com o uso de sapatos.

Confira no post a seguir como é importante manter uma rotina de cuidados para os pés e veja 5 pontos fundamentais para deixá-los saudáveis e bonitos. Boa leitura! 

A importância de cuidar bem dos pés 

Apesar de não serem vistos com tanto destaque, os pés têm uma grande importância. Afinal, eles são os responsáveis por nos sustentar o dia inteiro e aguentar todo o nosso peso. Só por isso, eles merecem tantos cuidados quanto o resto do corpo, certo? Contudo, além desse motivo, existem consequências indesejadas e até graves da falta de cuidados com os pés. Podemos citar rachaduras e pele seca, mas também inclua nessa lista micoses, frieiras, chulé e até feridas. 

Bem sério, não é mesmo? Por isso, invista em separar um tempinho para eles durante o dia. Pode ser no banho, depois dele ou até em uma hora especial no fim de semana. O que importa é se lembrar dos pés. 

Os cuidados com os pés que você deve seguir 

Como você viu, cuidar dos pés é fundamental para evitar problemas indesejados. Basta inserir algumas práticas — até rápidas — na sua rotina de beleza para fazer uma diferença enorme. Veja a seguir 5 aspectos importantes desses cuidados.  

1. Hidratação 

Se você hidrata todo o corpo e rosto, por que deixaria os pés de fora? No caso deles, vale recorrer a cremes e óleos naturais. Dependendo do produto, você pode passar durante o banho ou logo em seguida, quando a pele está com os poros abertos e mais propensa à absorção. Outra forma possível é hidratar antes de dormir, para que o produto possa ser bem absorvido em um momento que você não vai andar por aí.  

2. Esfoliação 

Outro ponto importante é a esfoliação. Ela elimina as células mortas e deixa a pele do pé lisinha. Para fazê-la, você pode usar produtos específicos, como sabonetes e cremes esfoliantes. Passar lixa também vale, mas com intervalos de semanas. Isso porque ela pode descascar bem a pele e, com a frequência, pode criar rachaduras — uma porta para infecções.  

3. Unhas 

As unhas fazem parte dos pés e, como tal, merecem cuidados. O primeiro passo para elas é deixá-las limpas e cortadas. Como é fácil ter problemas com formatos e unhas encravadas, opte por deixar os cantos levemente lixados. Já com as cutículas, é melhor retirar só o excesso, pois elas são uma barreira de proteção contra microrganismos. 

Nem é preciso lembrar de que na hora da manicure você deve ter seu próprio kit, com ferramentas limpinhas. Isso não só evita contaminações com outras pessoas, mas limpar as suas coisas também impede a proliferação de micoses na unha.

Outra forma de evitá-la é não ficar com esmalte velho. Isso não quer dizer que você deve tirar um e passar outro. Pelo contrário, faz muito bem deixar as unhas descansarem antes de pintar novamente. Além disso, busque removedores sem acetona para não ressecar as unhas e, para hidratá-las, conte com cremes ou óleos, como o de coco.  

4. Roupas e sapatos 

Não é só com as roupas do resto do corpo que você deve se preocupar. O que você usa nos pés também merece atenção. No caso de sapatos fechados, procure usar meias que deixam o pé transpirar, por exemplo, as de algodão. Assim, elas não favorecem o aparecimento do chulé — que nada mais é do que o resultado de suor em contato com microrganismos. Outra dica para não ter esse problema é não usar as mesmas meias dias seguidos e deixar os sapatos ventilarem bem. 

Além disso, você deve secar bem entre os dedos e evitar meias e sapatos molhados a todo custo. Pois, além de favorecerem o chulé, também são ambiente ideal para os fungos da frieira. Portanto, lembre-se sempre de usar sapatos bem fechados em dias de chuva e até ter meias e outro sapato reserva, caso a chance de se molhar seja grande.  

5. Saúde 

Cuidar dos pés também envolve atenção com a saúde. Por exemplo, se a sua rotina é ficar muito de pé ou andar frequentemente, procure sempre colocá-los para cima quando chega em casa. Já se você precisa ou gosta de usar salto, procure opções baixas e mais largas para não espremer os pés dentro dos sapatos. Outra dica é fazer exercícios, escalda pés com água morna e massagem nos pés. Dessa forma, você evitará não só problemas de circulação, como também na coluna e nos joelhos. 

Além disso, você precisa perceber os sinais do próprio corpo. Se você transpira muito, pode precisar de um especialista que indique produtos antitranspirantes e desodorantes próprios para os pés. Se sofre de varizes, tem pisada torta ou seu dedo começa a dar seta — a famosa joanete —, já é motivo para procurar o médico e buscar calçados adequados e práticas que ajudem nos cuidados com os pés. 

Nós só temos um corpo e, por isso, é preciso cuidar dele muito bem. No caso dos pés não é diferente. Como eles sustentam todo o nosso peso, vale a pena separar um momento para deixá-los tratados. Cremes, massagem, escalda pés, hidratação, esfoliação, existem várias práticas que você pode fazer em diferentes momentos para ter esses cuidados com os pés. Eles agradecem e ficarão não só saudáveis, mas também mais bonitos. 

Quer cuidar direitinho dos seus pés? Conheça toda a linha de cremes da Soft Hair