BioSoft 09/08/2019

Entenda a diferença entre massagens terapêuticas e relaxantes

Naqueles dias estressantes, uma massagem sempre cai bem, não é? Mas você já foi marcar uma sessão e teve dúvidas sobre qual escolher? Atualmente existem diversos tipos de massagens, que podem ser classificadas em quatro categorias: terapêutica, preventiva, desportiva e estética.

Saber as particularidades entre elas pode ser importante para ter noção de qual é a melhor para a sua necessidade. Pensando nisso, criamos este post para explicar a diferença entre massagens terapêuticas e relaxantes. Confira.

Qual a diferença entre massagem terapêutica e relaxante?

Como mencionado acima, as massagens são classificadas em 4 categorias. No caso das massagens terapêuticas e relaxantes, a diferença entre elas é pequena. A seguir, vamos explicar um pouco sobre cada uma e mostrar para que elas servem.

Terapêutica

A principal função da massagem terapêutica é resolver problemas de dor (na cabeça, no pescoço, nas pernas etc). Por conta disso, a sessão pode ser um pouco dolorida, mas deve-se sempre observar o nível de sensibilidade do cliente. Durante a massagem, ele não deve sentir uma dor que incomode, mas sim aquela considerada gostosa.

Essa massagem pode ser indicada em conjunto com outros tratamentos para uma enfermidade. Aqui, o objetivo principal é o benefício terapêutico. A massagem pode sim ajudar a relaxar, mas essa não é sua principal finalidade.

Relaxante

Já a massagem relaxante, também conhecida como antiestresse, tem como função principal o relaxamento do indivíduo. Ela serve para diminuir a tensão do dia a dia, acalmar uma pessoa antes de um evento importante, aliviar o intestino preso, entre outros benefícios. Por isso, ela é leve e gostosa. Além disso, traz um tipo de bem-estar que acalma o sistema nervoso.

Quais os tipos de massagens?

Dentro das quatro categorias em que as massagens são divididas, existem diversos tipos, com diferentes funções e peculiaridades. Abaixo, comentamos um pouco sobre as mais conhecidas.

  • reiki: esse tipo de massagem relaxante foi criada no Tibete e funciona a partir da imposição das mãos. Ela busca na energia universal o equilíbrio orgânico e mental. Por isso, proporciona relaxamento profundo;

  • ayurveda: criada na Índia, essa massagem terapêutica é realizada no chão, geralmente no tatame, e engloba tratamentos físicos, psicológicos e mentais. Muitas vezes usa alongamentos para aliviar tensões e dores;

  • reflexologia: nesse tipo de massagem, são feitas pressões nas mãos e pés para equilibrar e estimular a energia das pessoas. Cada ponto engloba um órgão;

  • drenagem linfática: esse tipo de massagem auxilia a eliminar líquidos retidos no corpo. Geralmente faz uso das mesmas manobras das massagens clássicas, mas em pontos específicos. É muito utilizada para fins estéticos.

Com todos os tipos de massagens existentes e a criação de novos métodos, é importante que o profissional busque capacitação e invista sempre em treinamentos para aperfeiçoar as técnicas. Além disso, é preciso procurar sempre materiais que possam ampliar a experiência e o resultado do cliente, como os cremes de massagem.

Gostou do nosso artigo sobre massagens terapêuticas e relaxantes? Para receber outros conteúdos interessantes diretamente em sua caixa de entrada, aproveite e assine nossa newsletter!