BioSoft 19/07/2019

Saiba como melhorar a experiência de uma massagem relaxante

Com a correria e o estresse do dia a dia, um desejo frequente é uma massagem relaxante. Seja na hora de dormir, depois do banho ou, até mesmo, ao longo do dia, esse tipo de procedimento traz muito mais benefícios que somente o relaxamento muscular.

Além das diferentes técnicas aplicadas normalmente, existem algumas práticas que podem melhorar essa experiência. Pensando nisso, elaboramos este post com algumas dicas para tornar a massagem relaxante mais prazerosa. Confira.

Quais são os tipos de massagem relaxante?

Quando falamos de massagem relaxante, é comum pensar que existe apenas um tipo. Mas são diversas técnicas e cada uma com suas peculiaridades. Abaixo, explicamos um pouco sobre os tipos de massagem mais conhecidos:

  • Ayurvédica: essa técnica é a mistura de yoga e massagem relaxante. Ela  proporciona a desintoxicação do organismo, a redução dos sintomas depressivos e o realinhamento da postura, entre outros benefícios;

  • Massagem Sueca: esse procedimento é feito de maneira mais vigorosa que a massagem relaxante e por isso é recomendado para o tratamento de lesões, fadigas e, até mesmo, enxaquecas;

  • Destoxi Drenante: a massagem drenante é feita com movimentos profundos das mãos e tem como objetivo estimular o sistema linfático. Ela é muito indicada para quem deseja eliminar líquidos e toxinas;

  • Abhyanga: esse tipo de massagem é realizado com óleos naturais e tem diversos benefícios como nutrição dos tecidos do corpo, remoção de toxinas e relaxamento muscular.

Como otimizar o resultado e a experiência?

As massagens por si só auxiliam no relaxamento da mente e da musculatura. Porém, algumas práticas podem ajudar a otimizar os resultados.

Utilize pedras quentes

Além dos benefícios tradicionais, como o relaxamento, o uso das pedras quentes na massagem relaxante também pode proporcionar mais saúde ao organismo. O procedimento é considerado anti-inflamatório, ajuda liberar neurotransmissores de bem-estar no cérebro, melhora a vasodilatação e tem efeito analgésico.

As pedras usadas são específicas e devem ser plutônicas e vulcânicas, com silicato de ferro em sua composição. Jamais use itens cujo propósito não seja a massagem.

Coloque músicas relaxantes

Durante a massagem relaxante, os cinco sentidos ficam mais aflorados e, por isso, colocar músicas relaxantes pode otimizar o resultado. O ideal é escolher sons instrumentais ou da natureza, sempre em volume baixo e que não incomode o cliente. Outra dica é perguntar se a pessoa se importa com a melodia e se certificar de que está agradando.

Use essências

Como comentamos, os sentidos ficam mais sensíveis e as essências podem ajudar no relaxamento. Elas devem ser naturais e calmantes, como eucalipto e lavanda. Podem ser usadas sob a forma de óleos, incensos e aromatizadores. O ideal é consultar o cliente sobre essa prática primeiro, pois, caso ele tenha alergia, não conseguirá relaxar por se sentir mal.

Aplique óleos e cremes para massagem

Os óleos e cremes deixam a massagem mais prazerosa e aumentam o relaxamento. Existem produtos específicos para esse tipo de procedimento e eles têm os mais diversos cheiros, ingredientes e texturas. Mas, assim como no caso das essências, deve-se prestar atenção às fragrâncias e sempre perguntar ao cliente se não há problema em aplicá-los.

Tome cuidado com a higiene

A higiene é outro ponto que sempre deve ser observado. Como é um procedimento em que o massagista tem contato com o corpo do cliente, lave sempre as mãos, limpe o ambiente e higienize bem a área.

Para inovar e evoluir no seu trabalho, fique sempre de olho nas tendências do mercado de estética e cuidados. Assim, você poderá oferecer os melhores produtos e procedimentos para os seus clientes, além de aprimorar a sua massagem relaxante.

Agora que conhece as nossas dicas de como melhorar a experiência de uma massagem relaxante, já pode começar a colocá-las em prática, não é? Aproveite e conheças nossos produtos desenvolvidos especialmente para esse tipo de procedimento.