Cabelo 20/05/2019

O que faz o cabelo cair? Confira os 6 principais motivos!

De acordo com a Sociedade Brasileira do Cabelo, aproximadamente 42 milhões de brasileiros sofrem com a calvície. Se você acha esse número assustador, então se prepare: a porcentagem dessas pessoas que estão entre os 20 e 25 anos é cerca de 25%.

Com tanta gente sofrendo pelo mesmo problema, é importante buscar as respostas do que faz o cabelo cair para conseguir boas soluções e amenizar as consequências.

Acompanhe a leitura e saiba quais principais causas e descubra como reverter essa situação!

1. Usar boné

Em cabelos saudáveis, o boné não é tão prejudicial. No entanto, ele pode agravar problemas de dermatite seborreica, que levam à calvície.

Além disso, se usá-lo muito apertado, ele pode fazer com que os fios da frente se friccionem, ficando mais escassos e finos. Outro problema é quando a pessoa transpira demais na cabeça e o acessório impede que os cabelos sequem.

2. Alimentar-se mal

A alimentação inadequada e pobre em nutrientes também faz o cabelo cair: zinco, ferro, vitaminas, proteínas, tudo é importante para que nosso organismo funcione bem.

Uma pessoa com anemia, por exemplo, tem carência de ferro, o que dificulta a oxigenação dos tecidos, inclusive do couro cabeludo. Sem contar que, com isso, os fios recebem menos sangue e nutrientes, ficando mais quebradiços.

3. Viver estressado

Você sabia que níveis de estresse e ansiedade muito altos influenciam nas doses hormonais de cortisona e adrenalina, e isso pode fazer o cabelo cair?

Eles comprometem o sistema circulatório periférico, afetando a fixação dos fios. Ademais, o estriol impede a entrada de nutrientes na região capilar, prejudicando o crescimento das madeixas.

4. Usar medicamentos

Alguns remédios, como antidepressivos, varfarina, heparina, vasodilatadores, anfetaminas também favorecem a queda capilar. Isso porque eles podem causar alterações no organismo, agindo no sistema nervoso central e alterando, inclusive, a atuação dos hormônios.

Por isso, é fundamental não utilizar medicações sem o consentimento de um especialista. Se o uso for necessário e você notar essas reações, é importante avisar o médico rapidamente, para que ele avalie a possibilidade de substituição do remédio. 

5. Ter alterações hormonais

O ovário policístico é uma condição que faz a mulher produzir grande quantidade de testosterona, propiciando a alopecia androgenética e, consequentemente, a queda de cabelo.

Na gravidez, a mulher também sofre com algumas mudanças, principalmente após o parto, devido ao aumento da progesterona, o que ajuda a deixar os fios mais fracos e quebradiços. Já o hipotireoidismo diminui o metabolismo do organismo e o crescimento dos fios.

Portanto, caso desconfie de algo, solicite um exame a um endocrinologista para que ele faça o diagnóstico e indique o melhor tratamento. 

6. Abusar de químicas

O excesso de química como alisamentos  causa o enfraquecimento do cabelo. Isso acontece porque algumas substâncias remodelam o formato e a textura das fibras capilares, ocasionando efeitos colaterais danosos para os folículos e o couro cabeludo.

Sendo assim, é necessário dar um espaçamento nos procedimentos e, durante esse intervalo, investir em produtos que devolvam a força e a nutrição para as madeixas.

É essencial também sempre seguir as orientações de um profissional, evitando, por exemplo, realizar dois tipos de procedimentos agressivos no mesmo dia.

Pronto! Agora você já sabe o que faz o cabelo cair. Felizmente, existem boas soluções para recuperá-lo. A linha Bioplex ajuda no nascimento de pelos e fios, aumentando a autoestima de homens e mulheres. Com seus produtos, é possível ter de volta aquele cabelo ou barba de dar inveja!

Gostou do conteúdo? Então você vai se interessar também pelas nossas dicas de como evitar a queda capilar!