sac@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700 / international@softhair.com.br
Tel: +55 (31) 2105-7700

Chega de rebeldia! Saiba como evitar o cabelo com frizz

chega-de-rebeldia-saiba-como-evitar-o-cabelo-com-frizz.jpeg

Por:Soft Hair
Cabelo

26

mar. 2018

O cabelo com frizz é mesmo um grande vilão na vida de muitas mulheres! Em várias ocasiões, pode mudar todo o visual ou até acabar com o resultado de uma chapinha, por exemplo, o que gera muita frustração. Mas, afinal, quais são as causas desse arrepiado?

Neste texto, veremos o que você pode fazer para evitar esses frisadinhos indesejáveis. Acompanhe a leitura e confira!

O que causa o cabelo com frizz?

Apesar de jogarmos a culpa em fatores externos, como o vento, a triste realidade é que o frizz é resultado também de maus hábitos. A seguir, explicamos alguns deles para que não tornem a se repetir:

Banhos longos

Não há sensação melhor do que aproveitar um longo banho aquecido, concorda? Pois saiba que as suas madeixas discordam! Quanto mais quente ou longo for o banho, mais óleos naturais os fios perderão. E isso resulta naquele aspecto ressecado, sem brilho e com frizz.

Com o tempo, você notará que a água morna é a maior aliada de seus cabelos.

Toalhas

Por mais natural que seja sair do banho e utilizar a toalha para secar os fios, tente evitar esse hábito. O atrito entre o tecido de uma toalha comum com o cabelo pode gerar o temido frizz. Afinal, é um fenômeno estático.

Prefira tecidos de algodão, ou até um papel toalha — sim, aquele da cozinha mesmo! Ambos oferecem menos danos aos fios.

Uso agressivo de shampoo no couro cabeludo

A pressa é, definitivamente, a inimiga da perfeição. Afinal, no dia a dia, muitas vezes não há um cuidado na hora de escolher os shampoos indicados para o seu tipo de cabelo.

Outro problema comum durante a rotina é esfregar demais o produto no couro cabeludo, com a esperança de que isso faça com que ele tenha mais efeito. Pelo contrário! A aplicação mais agressiva aumenta o atrito.

Não cometa esses erros: massageie com movimentos suaves e dê preferência para shampoos específicos para o cuidado com o cabelo com frizz.

Como evitar o arrepiado?

Além do cuidado para transformar os hábitos citados acima, há outras atitudes que você pode adotar para evitar o frizz de uma vez por todas. Conheça, agora, algumas delas!

Mantenha a hidratação em dia

O ressecamento favorece o cabelo com frizz. Portanto, para evitá-lo, a dica essencial é apostar na hidratação semanal.

Encontre a máscara que melhor funciona para o seu cabelo e aplique uma vez por semana, deixando de 3 a 5 minutos para fazer efeito. Outra dica para potencializar os resultados é acrescentar 3 gotinhas de óleo de argan à máscara.

Escolha pentes e escovas certos

Dependendo do material do seu pente ou escova, ele pode ser o grande responsável por deixar alguns fios mais arrepiados. Metal e plástico, por exemplo, produzem eletricidade estática. Já as opções feitas com madeira são mais indicadas para evitar de vez o problema.

Aproveite enquanto os fios ainda estão molhados para desembaraçar o cabelo, começando pelas pontas. Assim, também se diminui o esforço mecânico que resulta no frizz.

Não exagere na quantidade de shampoo

Sim, o shampoo é ótimo para diminuir e controlar a oleosidade — mas o contrário também pode acontecer. Usar o produto em excesso pode ressecar os fios. Por isso, é recomendável encontrar a opção mais indicada para o seu tipo de cabelo e concentrar a aplicação mais na raiz.

Utilize produtos para tratamento

Se os fiozinhos se rebelarem mesmo com todos esses cuidados, você pode investir em alguns produtos que combatem o efeito indesejado. O leave-in é uma ótima pedida nesse caso.

Existem opções para todos os tipos de cabelo no mercado, incluindo os modeladores para cacheados ou versões mais leves para cabelos finos. Para o comprimento, também são utilizados reparadores de ponta. Só tome cuidado para não pesar a mão e deixar os fios com aquele aspecto mais sem vida!

Abandonar velhos hábitos pode ser complicado no começo. Por isso, é importante mudar aos poucos e, simultaneamente, colocar em prática essas dicas para o tratamento do cabelo com frizz.

Então, se você gostou das nossas dicas e tem alguma amiga que também enfrenta esse problema, aproveite para compartilhar este texto nas redes sociais!

Compartilhe: