Cabelo 24/09/2019

Entenda como ocorrem as pontas duplas no cabelo e saiba como evitar

Manter a saúde dos fios requer atenção e cuidados. Para que eles estejam sempre com uma boa aparência, são necessários diversos tratamentos e procedimentos rotineiros para evitar que surjam problemas. Entre os mais comuns estão as pontas duplas, uma condição que além de dar um aspecto feio ao cabelo, também pode danificá-lo profundamente. Contudo, você sabe como ocorrem as pontas duplas? Além disso, sabe o que fazer para impedir que elas apareçam?

Pensando nisso, criamos este post para explicar um pouco mais sobre essa adversidade tão recorrente e como evitá-la. Confira!

O que ocasiona as pontas duplas?

As pontas duplas são caracterizadas por bifurcações que ocorrem nas extremidades dos fios. Geralmente, elas acontecem pela falta de hidratação e uso exagerado de aparelhos de altas temperaturas. Quando as madeixas estão muito danificadas, as cutículas das pontas do cabelo se partem em duas ou mais partes, ocasionando assim as pontas duplas. 

Quais são os tipos de pontas duplas?

A maioria das pessoas sabe reconhecer pontas duplas nos fios, mas o que muitas não sabem é que existem mais de um tipo de pontas duplas. A seguir, comentamos um pouco sobre cada uma.

Ponta dupla mini

Quando as pontas duplas estão mini não são exatamente um problema e sim um alerta. Não é necessário fazer nenhum tipo de tratamento específico, mas para que esse problema não piore, é preciso cuidar e evitar aparelhos de altas temperaturas. Invista em óleos e produtos reparadores e que ajudam a evitar as pontas duplas.

Ponta dupla básica

Esse é o tipo mais tradicional de pontas duplas, no qual as extremidades se bifurcam em dois. Nesse caso, é necessário devolver água e nutrientes perdidos pelos fios. Para isso, aposte em tratamentos hidratantes e nutritivos, uma dica legal é montar um cronograma capilar para seus cabelos. O sumo de babosa é uma ótima opção para devolver a água para as madeixas. 

Ponta tripla

Nesse caso, as extremidades se dividem em três partes finas e o cabelo pode se partir a qualquer momento por conta da fragilidade. Quando isso acontece, significa que o problema não é mais externo e já atingiu a fibra capilar, e está em um estágio de dano mais avançado. Para reverter essa situação, é necessário um cuidado mais intenso, a linha Max Help, por exemplo, ajuda a restaurar a saúde das madeixas, além de devolver os nutrientes perdidos.

Ponta árvore

A ponta dupla do tipo árvore é o estágio mais avançado do problema. Quando os fios estão assim significa que um lado da cutícula está mais afetado que o outro, fazendo com que o cabelo se parta em vários lugares e afete o comprimento. Para resolver, o indicado é procurar um especialista para que seja recomendado um tratamento profissional que ajudará a recuperar a saúde dos fios e reparar o problema mais rápido.

Ponta vela

A ponta vela também é um estágio avançado do problema e se caracteriza pelo afinamento dos fios ao longo do comprimento. Nessa circunstância, o ideal é cortar a parte que está rala e investir em máscaras hidratantes e nutritivas, além de óleos e produtos que ajudem a prevenir que aconteça novamente. Uma dica legal é a máscara Máxima Reparação da Soft Hair, que repara e reconstrói as madeixas.

Ponta nó

A ponta nó é outro problema que pode ocorrer, especialmente com as cacheadas. Ela não é uma ponta dupla em si, mas um nó que costuma ocorrer ao longo dos fios, prejudicando-os. Por serem mais finos e secos, ela pode acontecer muitas vezes durante a escovação. Para evitar, o indicado é usar produtos específicos para cabelos cacheados e cremes para ajudar na hora de desembaraçar.

Como evitar pontas duplas?

Agora que você já sabe mais sobre o que são pontas duplas, como elas ocorrem e quais os tipos existentes, está na hora de descobrir como preveni-las. Abaixo separamos algumas dicas que ajudam a evitar que esse problema aconteça.

Evite tomar banho com água quente

Como explicado, uma das principais causas das pontas duplas é o ressecamento e a falta de hidratação. Por isso, o ideal é evitar tomar banho com água quente. Isso porque a alta temperatura da água causa ressecamento dos fios e do couro cabeludo. O recomendado é sempre lavar as madeixas na água morna ou fria.

Fuja dos aparelhos com altas temperaturas

Assim como a água quente, os aparelhos de altas temperaturas (chapinha, secador, babyliss) também ressecam os fios. Por conta disso, sempre que for usar opte por deixá-los em temperaturas mais baixas e, no caso do secador, evitar contato direto com o cabelo. Outra dica é sempre aplicar um protetor térmico ao longo das madeixas, ele evita que o calor danifique a cutícula e a parte interna dos fios.

Crie uma rotina de cuidados com os fios

Quando o cabelo está hidratado e nutrido não ocorrem as pontas duplas. Para isso, o recomendado é criar uma rotina de cuidados com os fios, como um cronograma capilar. Ele consiste em uma agenda de tratamentos que intercala hidratação, nutrição e reconstrução, de acordo com a necessidade das madeixas. Outra dica é incluir o uso de óleos reparadores na sua rotina. Assim, eles hidratam, protegem e previnem o aparecimento de pontas duplas e o ressecamento das extremidades dos fios.

Tenha cuidado na hora de escovar o cabelo

Assim como o ressecamento danifica as extremidades dos fios, a escovação pode provocar pontas duplas. Isso porque, quando escovado de maneira errada ou com muita agressividade, os fios podem se quebrar e posteriormente causar pontas duplas. Para prevenir situações como essa, o indicado é usar escovas antiquebra e produtos que ajudem a desembaraçar o cabelo.

Corte as madeixas com frequência

Você já deve ter ouvido falar que é necessário cortar os fios para eles crescerem, e é assim mesmo que funciona. Ao cortar as pontas danificadas, os nutrientes e vitaminas se dividem igualmente para o resto do cabelo, fazendo com que fique mais saudável e cresça mais rápido. O recomendado é cortar as madeixas a cada 3 meses.

Como você pôde ver, os cuidados com os fios são o melhor tipo de prevenção contra pontas duplas. Por isso, invista sempre em produtos específicos para seu tipo de cabelo e que ajudem a mantê-lo hidratado e nutrido. Nessas horas, as máscaras de tratamento se tornam suas melhores amigas.

E aí, o que achou de saber mais sobre como ocorrem as pontas duplas e como evitá-las? As informações foram úteis? Aproveite e entre em contato conosco para que possamos ajudar a encontrar a melhor solução para você.