Soft Hair 02/05/2020

Cuidados antes da química nos cabelos: 3 dicas para preservar os fios

Constantemente aparece uma nova solução de química para deixar os fios mais lisos, alinhados, com pouco volume. Tudo isso por mais tempo e com menor agressividade aos fios. É bom ir com calma ao tomar a decisão de aplicá-la, pois os cuidados antes da química nos cabelos é primordial para prepará-los para a técnica desejada, preservar o bom estado deles e garantir o resultado esperado.

Se você deseja utilizar um produto desse tipo, mas não sabe o que fazer para prevenir suas madeixas de possíveis danos, confira abaixo alguns cuidados para realizar antes do procedimento!

1. Hidrate os fios frequentemente

Todo cabelo precisa de hidratação, pois o fio é composto em sua maior parte por água. No entanto, parte dela é perdida devido aos agentes externos como exposição solar frequente, poluição ambiental, altas temperaturas do secador e chapinha ou mesmo a pouca utilização de produtos capilares para manutenção da sua integridade.

No caso de uma química de transformação na estrutura dos fios, essa perda é maior e o cuidado deve ser redobrado. Por isso, capriche nas hidratações e potencialize o seu efeito inserindo outros ingredientes à sua máscara principal (como o sumo natural de babosa) e aumentando a frequência de aplicação semanal. Organize isso adotando o cronograma capilar para um trato completo! 

2. Faça uma reconstrução capilar 

Quando se trata de cuidados antes da química nos cabelos um fator essencial para essa transformação do fio ocorrer com segurança é verificar se ele está forte o suficiente para resistir às substâncias do produto. Se o fio estiver quebrando facilmente, ressecado em um nível que não consegue absorver tratamentos hidratantes e nutritivos, pode anotar: ele precisa de reposição de massa com urgência!

A devolução dessa massa, também conhecida como reposição de proteínas, é feita com reconstrução, um tratamento à base de ingredientes restauradores que deve ser realizado a cada 15 dias (caso o cabelo ainda não tenha recebido outras químicas ou esteja há muito tempo sem). Veja alguns componentes reconstrutores encontrados em máscaras, condicionadores e finalizadores:

3. Use shampoo sem sal

Os produtos sem sal teve o seu boom anos atrás, dominaram as gôndolas dos mercados e parecem ter sumido. Ledo engano! Eles continuam presentes, mas receberam um nome mais direto ao ponto: shampoo sem sulfato. O lauril sulfato de sódio é o ingrediente principal dos shampoos convencionais e tem a proposta de agir como detergente das impurezas dos fios e fazer espuma — e isso não o torna ruim.

Contudo, em um cabelo que vai receber ou já tem alguma química, é necessário diminuir o uso de produtos com esse elemento, pois pode ressecar mais rápido o cabelo. Prefira shampoos com sulfatos leves (daí o nome “sem sal”) ou até os que não os tem. Atualmente, os vemos muito em produtos das técnicas low poo e no poo, respectivamente. Utilize-os e perceba seus fios ficarem mais macios e fortes! 

Ter cuidados antes da química nos cabelos é fundamental para a obtenção dos resultados prometidos por ela e para garantir que os fios estejam saudáveis durante o procedimento. Assim, eles aguentarão a fragilização natural decorrente da aplicação, mas sem quebrar, ressecar, ficar elástico feito chiclete ou ter um dano mais grave como queda e irritação do couro cabeludo. A escolha de produtos de qualidade, ricos em ingredientes, contribuirá com a preservação da saúde dos fios.

Agora que você já sabe como preparar o cabelo para receber uma química, saiba quais são os cuidados mais importantes pós-química